29.10.13

o poeta o artista o filosofo

O poeta, o artista, o filósofo; o trapezista, o escritor e o palhaço; o aventureiro, o amante, o cantor e o anarquista — eu e você — nossa função é subir à tona, saltar barreiras, desbravar caminhos, quebrar ícones da moral, defender a liberdade, amar demais, criar conceitos, mudar o mundo, viver à mil... E somos loucos porque não podemos ser outra coisa. Em nós, razão e loucura disputam primazias entre si, entrelaçadas. A Razão vence todos os embates, porém, num gesto lindo de grandeza e gostosura, cede sempre à Loucura o troféu da Liberdade.